Foz do Iguaçu terá Museu de Arte Internacional em parceria com George Pompidou, de Paris

O Governo do Paraná anunciou nesta segunda-feira (27) a implantação do Museu de Arte Internacional de Foz do Iguaçu, em cooperação com o Centro Nacional de Arte e Cultura George Pompidou, de Paris, na França. O Centro Pompidou é um complexo multicultural que abriga uma das principais coleções de arte moderna e contemporânea do mundo.

A unidade brasileira será a primeira da América Latina – hoje, o Centro Pompidou mantém “antenas” (como são chamadas as extensões) apenas na Bélgica, Espanha e China.

De acordo com o cronograma estipulado entre os responsáveis pelo projeto (Centro Pompidou, Governo do Paraná, Itaipu Binacional, Prefeitura de Foz e investidores privados), os próximos passos serão definidos nos próximos meses.

A ideia é que, no início do próximo ano, seja lançado um concurso para a escolha do projeto arquitetônico do museu, que deverá ter 10 mil metros quadrados, com capacidade para receber variadas manifestações culturais.

Confira mais no vídeo de divulgação da novidade:

 

Sobre o Centro Pompidou

Inaugurado em 1977, em Paris, o Centro Nacional de Arte e Cultura George Pompidou mantém em seu acervo mestres da arte moderna e contemporânea, como Picasso, Matisse, Kandinsky e Miró. Abriga ainda biblioteca, ateliê de escultura, cinema e centro de música e estudos acústicos, sendo um dos pontos de encontro mais procurados por parisienses e visitantes.